JOLUSI FM (Rádio Web) Clique para ouvir

33Across

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Próximo Grammy Latino será em 20 de novembro em Las Vegas



Da France Presse. Fonte: G1.globo.com
Imagem: portaldoamazonas.com
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)





Candidatos indicados nas 49 categorias serão anunciados em setembro.
Festa deste ano irá comemorar 15º aniversário da premiação.

A próxima entrega dos prêmios Grammy Latino, o maior acontecimento da música ibero-americana, será em 20 de novembro, em Las Vegas (oeste dos Estados Unidos).

A festa vai comemorar o 15º aniversário de criação do Grammy Latino.

As indicações dos candidatos das 49 categorias serão anunciadas dois meses antes, em 24 de setembro, anunciou o presidente da Academia Latina da Gravação, Gabriel Abaroa Jr., nesta quinta-feira (26). A Academia é responsável pelas premiações.

Nesta edição, o show será no hotel MGM Grand Garden Avenue. Nos últimos cinco anos, a festa aconteceu no Mandalay Bay.

A Academia Latina da Gravação foi criada em 1997 e entregou seus primeiros prêmios em setembro de 2000.





Álbum de Ed Sheeran alcança 1º lugar nas paradas da Grã-Bretanha



Fonte: Reuters
Foto: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)



Ed Sheeran canta no Rock in Rio Lisboa
(Foto: Divulgação/Rock in Rio Lisboa)



Segundo disco do cantor vendeu 182 mil cópias na semana de lançamento.
'In the lonely hour', de Sam Smith, subiu para o segundo lugar.

O cantor e compositor Ed Sheeran assumiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso da Grã-Bretanha neste domingo (29), depois que o seu novo trabalho "X" se tornou o álbum mais vendido de 2014, disse a Official Charts Company.

O segundo álbum de Sheeran tem o single número um "Sing", que liderou as paradas no início deste mês. O álbum vendeu 182 mil cópias desde seu lançamento no último domingo, batendo o recorde anterior estabelecido por "Ghost Stories" do Coldplay por 14 mil cópias.

"In the lonely hour", de Sam Smith, subiu um degrau para o segundo lugar na parada de álbuns, enquanto na semana passada, o número um "Ultraviolence" de Lana Del Ray caiu para o terceiro lugar. "Ghost Stories" e "Caustic Love", de Paolo Nutini, fecham a lista dos cinco primeiros.






Katy Perry se torna artista mais vendida digitalmente da história



Texto: Tate Montenegro. Fonte: Território da Música
Foto: Reprodução
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)





Katy Perry recentemente se ofereceu para escrever uma música-tema para Hillary Clinton caso ela se candidatasse a presidente nas próximas eleições norte americanas. E se depender do resultado da cantora em vendas, a ideia até poderia ser interessante.

Perry, que acaba de anunciar seu próprio selo, se tornou a primeira artista a ultrapassar a marca de 70 milhões de vendas digitais na história das certificações de Ouro e Platina da RIAA (Associação da Indústria Fonográfica da América).

A cantora já lançou três álbuns de estúdio e vendeu o equivalente a 72 milhões de singles online, entre downloads e streaming, resultado que a coloca 20 milhões de vendas à frente de qualquer outro artista.

Cary Sherman, presidente e CEO da RIAA, afirmou que “Katy Pery é uma força a ser reconhecida na música. Ela incorpora tudo que faz uma verdadeira superstar global: talento musical, um impulso extraordinário, e uma conexão intrínseca com os fãs”.

O último artista a quebrar um recorde da Associação foi Eminem, se tornou o primeiro artista a receber dois “Digital Single Diamond Awards”, por “Not Afraid” e “Love The Way You Lie” (com Rihanna). 





domingo, 29 de junho de 2014

Turnê de Miley Cyrus vira especial de televisão



Texto: Tate Montenegro. Fonte: Território da Música
Fotos:  br.eonline.com / portalpopline.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva
Serrinha, BA (da redação Itinerante)



A “Bangerz Tour” chega ao Brasil em setembro, depois de passar pela Europa - onde algumas datas tiveram de ser canceladas devido a uma reação alérgica que a cantora sofreu -, e América do Norte. E enquanto os brasileiros ainda esperam a chegada da cantora, os americanos também poderão (voltar a) ver Miley diretamente de suas casas.

A emissora NBC, que no ano passado exibiu especiais ao vivo do Coldplay e do Arcade Fire, promete “examinar o que cria tamanho fenômeno global” como Miley se tornou de Hannah Montana até a completa ruptura com a imagem da personagem ao lançar “Bangerz” (2013).

O especial será exibido dia 06 de julho e mostrará cenas dos bastidores e vídeos das apresentações da cantora na Espanha e em Portugal.

Outra diva do pop que acaba de ter a turnê transformada em especial televisivo foi Beyoncé, que terá trechos de sua “Mrs. Carter Show World Tour” exibidos na HBO.


Confira as informações sobre os shows de Miley Cyrus no Brasil:

24/09/14 - Brasília/DF
Ginásio Nilson Nelson - Srpn Trecho 1
Horário: 21h00
Ingressos: R$250,00 (Pista/Cadeira 1º lote meia entrada) - R$500,00 (Pista/Cadeira 1º lote inteira), R$150,00 (Cadeira Superior 1º lote meia entrada) - R$300 (Cadeira Superior 1º lote inteira)
Bilheteria oficial: Central de Ingressos do Brasília Shopping (Piso G2)
Vendas online: http://www.ingressorapido.com.br/ ou pelo telefone 4003-1212
Classificação: 16 anos

26/09/14 - São Paulo/SP
Arena Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209, Anhembi Parque – Santana
Horário: 20h00
Ingressos: R$ 140,00 (pista meia entrada), R$280,00 (pista inteira), R$ 325,00 (pista premium meia entrada), R$ 650,00 (pista premium inteira)
Pontos de venda: http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=pdv Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br
Classificação: 14 anos (de 6 a 13 anos acompanhados dos pais ou responsáveis).

28/09/14 - Rio de Janeiro/RJ
Praça da Apoteose - Passarela do Samba Prof. Darcy Ribeiro - Sambódromo
Horário: 20h30
Ingressos: R$ 140,00 (arquibancada meia entrada), R$ 280,00 (arquibancada inteira), R$ 325,00 (pista premium meia entrada), R$ 650,00 (pista premium inteira)
Pontos de venda: http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=pdv
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br
Classificação: 14 anos (de 6 a 13 anos acompanhados dos pais ou responsáveis).





quarta-feira, 18 de junho de 2014

Biografia e discografia de Chico Buarque


Edição: Jorge Luiz da Silva.
Fonte: e-biografias.net e cancioneros.com
Fotos: google.com.br




Chico Buarque de Holanda
Músico, dramaturgo e escritor brasileiro
Biografia de Chico Buarque de Holanda:


Chico Buarque de Holanda (1944-) é músico, dramaturgo e escritor brasileiro. Revelou-se ao público quando ganhou com a música "A Banda", interpretada por Nara Leão, o primeiro Festival de Música Popular Brasileira. Chico logo conquistou reconhecimento de críticos e público. Fez parceria com compositores e interpretes de grande destaque, entre eles, Vinícios de Morais, Tom Jobim, Toquinho, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Edu Lobo e Francis Hime. Teve várias músicas censuradas e ameaçado pelo regime militar, se exilou na Itália em 1969. Suas canções denunciavam aspectos sociais e culturais da época. Sua volta ao Brasil em 1970, foi comemorada com manifestações de amigos e admiradores. Chico foi casado com a atriz Marieta Severo, com quem teve três filhas, Silvia, Helena e Luíza. Seus últimos romances publicados foram: Estorvo (1991), Benjamim (1995), Budapeste (2003) e Leite Derramado (2009).


Francisco Buarque de Holanda (1944-) mais conhecido como Chico Buarque de Holanda, nasceu no Rio de janeiro, é filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda e da pianista Maria Amélia Cesário Alvim. Em 1946 a família muda-se para São Paulo, onde seu pai é nomeado diretor do Museu do Ipiranga. Em 1953, Chico e a família vão morar na Itália, onde Sérgio Buarque vai dar aulas na Universidade de Roma. De volta a São Paulo, Chico já mostrando interesse pela música, compõe "Umas Operetas" que cantava com as irmãs. A música fazia parte do seu dia a dia, ouvia músicas de Noel Rosas e Ataúlfo Alves. Recebeu grande influência musical de João Gilberto.

Em 1963 Chico Buarque ingressa no curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde participa de movimentos estudantis. Nesse mesmo ano participa do musical Balanço do Orfeu com a música "Tem mais Samba", que segundo ele, foi o ponto de partida para sua carreira. Participa também do show Primeira Audição, no Colégio Rio Branco, com a "Marcha Para um Dia de Sol".


Chico Buarque apresenta-se, em 1964, no programa Fino da Bossa, comandado pela cantora Elis Regina. Chico logo conquistou o reconhecimento do público. No ano seguinte lança seu primeiro disco compacto com as músicas "Pedro Pedreiro" e "Sonho de um Carnaval". Faz também as músicas para o poema "Morte e Vida Severina" de João Cabral de Melo Neto, que ao ser apresentada no IV Festival de Teatro Universitário de Nancy, na França, ganha o prêmio de crítica e público.

Em 1966 sua música "A Banda", cantada por Nara Leão, vence o Festival de Música Popular Brasileira". Nesse mesmo ano sai o seu primeiro LP "Chico Buarque de Holanda". Suas primeiras canções, como "Pedro pedreiro", impregnadas de preocupações sociais, foram seguidas de composições líricas como "Olê, olá", "Carolina" e "A Banda". Ainda nesse ano Chico casa-se com a atriz Marieta Severo, com quem teve três filhas, Silvia, Helena e Luíza.


Chico Buarque muda-se para o Rio de Janeiro em 1967, e lança seu segundo LP "Chico Buarque de Holanda V.2". Nesse mesmo ano escreve a peça "Roda Viva". Faz parceria com Tom Jobim e vencem com a música "Sabiá", o Festival Internacional da Canção, em 1968.

Em 1969 Chico participa da passeata dos cem mil, contra a repressão do regime militar. Nesse mesmo ano vai exilado para a Itália, só retornando em 1970. Na Itália assina um contrato com a gravadora Philips, para produção de mais um disco. Sua música "Apesar de Você" vende cerca de 100 mil cópias, mas é censurada e recolhida das lojas.

Depois do show no Teatro Castro Alves em 1972, com Caetano Veloso e o do Canecão, com Maria Betânia, em 1975, Chico passa um longo período sem se apresentar, mas continua produzindo. Escreve a peça Gota d'água, em parceria com Paulo Pontes, o que lhe valeu o prêmio Molière. Escreve a música "Vai trabalhar vagabundo", para o filme do mesmo nome e a música "O que será", escrita para o filme "Dona flor e seus dois maridos".

Em 2005 Chico lança a série "Chico Buarque Especial", caixas com três dvds, organizados por temas, onde Chico fala de sua trajetória.

No dia 05 de novembro de 2011, Chico iniciou sua nova turnê nacional, no Palácio das Arte em Belo Horizonte.




Fonte: cancioneros.com

Albuns
 Chico Buarque de Hollanda (Chico Buarque) [1966]
 Chico Buarque de Hollanda - Vol.2 (Chico Buarque) [1967]
 Chico Buarque de Hollanda - Vol.3 (Chico Buarque) [1968]
 Chico Buarque na Itália (Chico Buarque) [1969]
 Chico Buarque de Hollanda - Vol.4 (Chico Buarque) [1970]
 Sonho de um carnaval (Chico Buarque - Ennio Morricone) [1970]
 Per un pugno di samba (Chico Buarque - Ennio Morricone) [1970]
 Construção (Chico Buarque) [1971]
 Calabar (Chico canta) (Chico Buarque) [1973]
 Sinal fechado (Chico Buarque) [1974]
 Meus caros amigos (Chico Buarque) [1976]
 Chico Buarque (Chico Buarque) [1978]
 Ópera do malandro (Chico Buarque) [1979]
 Vida (Chico Buarque) [1980]
 Almanaque (Chico Buarque) [1981]
 Chico Buarque en español (Chico Buarque) [1982]
 Chico Buarque (Chico Buarque) [1984]
 Francisco (Chico Buarque) [1987]
 Chico Buarque (Chico Buarque) [1989]
 Chico Buarque ao vivo Paris Le Zenith (Chico Buarque) [1990]
 Paratodos (Chico Buarque) [1993]
 Uma palavra (Chico Buarque) [1995]
 Terra (Chico Buarque) [1997]
 As cidades (Chico Buarque) [1998]
 Chico ao Vivo (Chico Buarque) [1999]
 Cambaio (Chico Buarque - Edu Lobo) [2001]
 Chico no cinema (Chico Buarque) [2005]
 Carioca (Chico Buarque) [2006]
 Carioca ao Vivo (Chico Buarque) [2007]
 Chico (Chico Buarque) [2011]
 Na Carreira. Ao vivo (Chico Buarque) [2012]





Discos e EP
 Bom tempo (Chico Buarque) [1968]
 Samba Erudito (Chico Buarque) [1968]
 Benvinda (Chico Buarque) [1968]
 Umas e outras (Chico Buarque) [1969]
 Cara a cara (Chico Buarque) [1969]
 Apesar de você (Chico Buarque) [1970]


Albuns coletivos
 Templo da bossa (Criação Coletiva) [1965]
 Viva o Festival da Música Popular Brasileira (Criação Coletiva) [1966]
 Paulo Vanzolini. Onze sambas e uma capoeira (Criação Coletiva) [1967]
 Garota de Ipanema (Criação Coletiva) [1967]
 Discomunal (Criação Coletiva) [1968]
 Os maiores sambas-enredo de todos os tempos (Criação Coletiva) [1971]
 Quando o carnaval chegar (Chico Buarque - Nara Leão - Maria Bethânia) [1972]
 Caetano e Chico juntos e ao vivo (Caetano Veloso e Chico Buarque) [1972]
 Phono 73 - O canto de um povo Volume 2 (Criação Coletiva) [1973]
 O banquete dos mendigos (Criação Coletiva) [1974]
 Chico Buarque & Maria Bethânia ao vivo (Chico Buarque) [1975]
 Palco, Corpo e Alma (Criação Coletiva) [1976]
 Compacto Simples (Francis Hime - Chico Buarque) [1977]
 Show 1º de Maio (Obra colectiva) [1980]
 Os saltimbancos trapalhões (Obra colectiva) [1981]
 Abril en Managua (Obra colectiva) [1983]
 O grande circo místico (Edu Lobo - Chico Buarque) [1983]
 Juntos (Obra colectiva) [1984]
 O Corsário do rei (Edu Lobo - Chico Buarque) [1985]
 Malandro (Chico Buarque) [1985]
 Nordeste já (Criação Coletiva) [1985]
 Poetas en Nueva York (Obra colectiva) [1986]
 Melhores momentos de Chico & Caetano (Chico Buarque) [1986]
 Há sempre um nome de mulher (Criação Coletiva) [1987]
 Dança da meia-lua (Edu Lobo - Chico Buarque) [1988]
 Cais. Ronaldo Bastos (Criação Coletiva) [1989]
 Se essa rua fosse minha (Criação Coletiva) [1990]
 Montreux Jazz Festival CD 4 (Criação Coletiva) [1991]
 No Tom da Mangueira (Criação Coletiva) [1991]
 Songbook Noel Rosa (Noel Rosa) [1991]
 Songbook Gilberto Gil (Gilberto Gil) [1992]
 Songbook Dorival Caymmi Volume 4 (Dorival Caymmi) [1993]
 Songbook Vinícius de Moraes Volume 3 (Vinícius de Moraes) [1993]
 Hinos brasileiros (Criação Coletiva) [1994]
 Songbook Ary Barroso Volume 3 (Ary Barroso) [1994]
 Songbook Edu Lobo Volume 1 e 2 (Edu Lobo) [1994]
 Estácio e Flamengo - 100 anos de samba e amor (Criação Coletiva) [1995]
 Recife Frevo é (Criação Coletiva) [1996]
 Songbook Antonio Carlos Jobim Volume 5 (Antonio Carlos Jobim) [1996]
 Chico Buarque de Mangueira (Criação Coletiva) [1997]
 Francis Hime. Álbum musical (Criação Coletiva) [1997]
 Aaago, Pixinguinha 100 anos CD 1 (Criação Coletiva) [1997]
 Songbook Djavan Volume 2 (Djavan) [1997]
 Diplomacia - Batatinha (Criação Coletiva) [1998]
 Brasil são outros quinhentos (Criação Coletiva) [1998]
 Songbook Marcos Valle Volume 2 (Marcos Valle) [1998]
 Jackson do Pandeiro revisto e sampleado (Criação Coletiva) [1999]
 Canções, versões (Criação Coletiva) [1999]
 Roba di Amilcare (Obra colectiva) [1999]
 Songbook João Donato (João Donato) [1999]
 Songbook Chico Buarque (Chico Buarque) [1999]
 Estória de João-Joana (Criação Coletiva) [2000]
 Amores possíveis – Trilha sonora (Criação Coletiva) [2001]
 Coração de mãe (Criação Coletiva) [2001]
 Olha que coisa mais linda (Criação Coletiva) [2001]
 Reunião - O Brasil dizendo Drummond (Criação Coletiva) [2002]
 Songbook Braguinha Volume 1 (Braguinha) [2002]
 Songbook João Bosco (João Bosco) [2002]
 Amor cuidado (Criação Coletiva) [2003]
 Namorando a Rosa (Criação Coletiva) [2004]
 Cantoria – Hermínio Bello de Carvalho (Criação Coletiva) [2005]
 Soy loco por ti América: o sangue latino da MPB (Criação Coletiva) [2005]
 Timoneiro - Hermínio Bello de Carvalho (Criação Coletiva) [2005]
 Vinícius (Criação Coletiva) [2005]
 Forró pras crianças (Criação Coletiva) [2006]
 Fados (BSO) (Obra colectiva) [2007]
 Bardóci (Obra colectiva) [2008]
 Aula de samba (Criação Coletiva) [2008]



OUTROS
 Inéditas o no clasificadas (Chico Buarque)
 Morte e Vida Severina (Chico Buarque) [1966]
 Os saltimbancos (Obra colectiva) [1977]
 Gota d'água (Chico Buarque - Paulo Pontes) [1977]
 Para viver um grande amor (Criação Coletiva) [1983]
 Ópera do malandro (Chico Buarque) [1986]