terça-feira, 28 de abril de 2015

Roberto Carlos será homenageado com o Billboard Lifetime Achievement Award 2015

Fonte: clubedorei.com.br (Fotos: Divulgação)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Roberto Carlos será um dos os homenageados do Billboard Latin Music Awards e também se apresentará durante a premiação, que será transmitida ao vivo, de Miami, pela Telemundo, no 30 de abril.
L

Cantor e compositor brasileiro, Roberto Carlos receberá a Billboard Lifetime Achievement Award, em reconhecimento por sua brilhante carreira.

O Billboard Lifetime Achievement Award é dada a um artista por sua carreira excepcional, elevando a música latina a um outro nível global. Roberto Carlos, com uma carreira musical que se estende por mais de 50 anos e mais de 120 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo,é com certeza merecedor desta distinção. Como um dos artistas latinos mais vendido no mundo, ele continua a ser relevante por suas contribuições artísticas e pessoais.


A história musical de Roberto Carlos começou na década de 1960, quando iniciou uma grande revolução da música no Brasil, atingindo o sucesso em um período que coincide com o movimento global de jovens iniciado pelos The Beatles. Roberto Carlos era o líder da Jovem Guarda, comandando um programa de TV que se tornou denominação genérica de um estilo musical, o que deu uma cara nova na música brasileira. No final dos anos 60,

Roberto Carlos mudou seu estilo e se tornou o artista romântico de maior sucesso no Brasil, co-escrevendo algumas das mais belas canções neste estilo, que se tornariam clássicos latino-americanos, como "Detalhes", "Jesus Cristo e " Emoções ". No final dos anos 70 se tornou o artista brasileiro com a maior vendagem na história.

Nos anos 80, Roberto Carlos começou a gravar em Inglês e Francês, tendo já lançados albuns em Espanhol, Italiano e Português, garantiu uma carreira internacional sólida, com posições de topo nas paradas latinas da Billboard.


Em 1986, ele foi um sucesso no Radio City Music Hall, em Nova York, e três anos mais tarde, ganhou o primeiro de seus quatro Grammys, desta vez como melhor cantor pop latino-americano. Na década de 1990, Roberto Carlos se tornou o primeiro artista latino-americano a vender mais álbuns do que os The Beatles.

Além de Roberto Carlos, o guitarrista Carlos Santana receberá o Spirit of Hope Award por suas contribuições filantrópicas e humanitárias.

Billboard Latin Music Awards irá reconhecer contribuições extraordinárias desses dois gigantes na cerimônia deste ano.
Imperdível!

Notícia enviada gentilmente por GUTA.


.ente por GU

Rei Roberto Carlos de malas prontas para a América Latina!

Texto: Michell Telles
Fonte: clubedorei.com.br 
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)



Do auge dos seus 74 anos, o nosso rei Roberto Carlos não para um segundo! 

O grande ídolo vai levar seus sucessos para o Yacht y Golf Club, em Assunção, no Paraguai.

Três dias depois é a vez de Santiago, no Chile, com show no Movistar Arena.

Dia 10 é a vez de Córdoba, no Orfeo Superdomo, Buenos Aires vê o filho de Lady Laura no dia 12 de junho, no Espaço Tecnópolis.


Notícia enviada gentilmente por NFG

domingo, 26 de abril de 2015

Bandas gringas enfrentam problemas no encerramento do Abril Pro Rock

Texto: Maurício Penedo
Fonte: G1 (PE)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)
Quando a Coroner estava na quinta música, o guitarrista Tommy Vetterli reclamou e abandonou o palco. (Foto: Maurício Penedo / G1)
Lepra, banda da cidade de Moreno, completou 10 anos de carreira no palco do Abril Pro Rock, no sábado (25). (Foto: Maurício Pen

Por conta do atraso, suíços da Coroner tocaram apenas cinco músicas.
Marduk superou falha técnica e encerrou o festival em meio a aplausos.

Coube às bandas estrangeiras fecharem o sábado e o Abril Pro Rock 2015. Coroner, da Suíça, e Marduk, da Suécia, possuíam públicos radicalmente diferentes, mas isso não foi problema para a plateia, que reduziu bastante de tamanho após o show do Ratos de Porão. Quem ficou viu problemas de tempo, som e um show histórico.

O Coroner subiu ao palco à 1h30, e sem nem dar boa noite, despejou seu trash metal com diversos elementos progressivos. O início do show, com canções mais lentas, foi um "refresco" para o público, ainda combalido pela maratona hardcore do Ratos de Porão e Câmbio Negro. Mas os suíços tiveram diversos problemas. O início do show não "engrenou", e, quando a banda estava na quinta música, o guitarrista Tommy Vetterli reclamou, dizendo que seria última música a ser tocada, pois a banda tinha que sair por causa do tempo estourado, e que tudo estava uma "bagunça". Segundos depois, ele abandonou sua guitarra e saiu. O Coroner terminou sua última música sem a guitarra.

Os suíços, que se apresentaram no Recife pela primeira vez, executou faixas do álbum "Grin", de 1993, considerado um dos melhores da carreira do grupo. Mas, com menos de 30 minutos de apresentação, o Coroner se despediu do público pedindo desculpas pelo show curto.


Um dos maiores expoentes do black metal em todos os tempos, suecos do Marduk hipnotizaram o público. (Foto: Maurício Penedo / G1)

O público já não era dos maiores quando os suecos do Marduk adentraram no palco Abril Pro Rock. Mas quem ficou se apertou na frente do palco.

Queria ficar o mais próximo possível de Mortuus, o vocalista, e companhia. Um dos maiores expoentes do black metal em todos os tempos, o Marduk hipnotizou o público.

Realizando um show extremamente performático, os suecos prendiam os espectadores música a música. Até mesmo nos intervalos entre as canções, uma música ambiente tocava, deixando todos em permanente expectativa.

O grupo, famoso por ter um temperamento difícil, deu provas disso. Logo no início do show, uma das caixas de retorno de som não estava funcionando, e o guitarrista Patrik Hakansson deu um chute no equipamento, exigindo reparo, que fora feito logo em seguida. A partir de então, foi só música.

Alternando músicas de seu mais recente álbum, "Frontschwein", de 2015, e discos anteriores, os suecos encerraram o festival ovacionados pelo público. Um rápido agradecimento e saída do palco, como de praxe para os suecos.

O Abril Pro Rock terminou com o número de 511 shows exibidos em 23 edições do evento, desde 1993 até 2015.



.

Bandas pernambucanas mostram o peso do som local no Abril pro Rock

Texto: Maurício Penedo
Fonte: G1 (PE)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)


Lepra, banda da cidade de Moreno, completou 10 anos de carreira no palco do Abril Pro Rock, no sábado. (Foto: Maurício Penedo / G1)

Lepra, Hate Embrace e Câmbio Negro HC fizeram show no sábado (25).
Temática regional e disco com 25 anos de lançamento agradaram plateia.

O último dia do festival Abril Pro Rock 2015 foi reservado para o som mais pesado: metal, hardcore e punk. Camisas pretas, spikes e coturnos eram vistos por toda a parte, na noite do sábado (25), no Chevrolet Hall, em Olinda. E Pernambuco foi representado por três bandas: Lepra, Câmbio Negro HC e Hate Embrace.

A noite do sábado foi aberta pelos pernambucanos da Lepra, banda da cidade de Moreno, que completou 10 anos de carreira no palco do APR. Executando a vertente mais pesada do hardcore (o grindcore), a banda tocou para um público ainda pequeno, mas que se mostrou animado e fazendo as tradicionais "rodas" típicas de shows de hardcore e metal. No final de sua apresentação, os integrantes distribuíram CDs para a plateia, que brigou com unhas e dentes por cada exemplar arremessado.


Hate Embrace executou um death metal mesclado com temática regional, na noite de sábado (25) do Abril Pro Rock. (Foto: Maurício Penedo / G1)

Em seguida, o grupo recifense Hate Embrace, que existe há cinco anos, não diminuiu o ritmo. Executando um death metal mesclado com temática regional, o grupo tocou músicas do segundo disco oficial, "Sertão Saga", de 2014, onde canta a trajetória do cangaceiro Lampião em um disco conceitual. A mistura agradou bastante ao público, que aplaudiu e incentivou o grupo durante todo o show.

Durante a apresentação, a banda arriscava, de leve, acordes típicos. Ao final da apresentação, a banda tocou "Archaicreation", música que levantou o público, que já era bem maior a essa altura.
Depois da saga do rei do cangaço, a noite testemunhou um reencontro: entre o Câmbio Negro HC e seu disco "Espelho dos Deuses", que completará 25 anos desde o lançamento, e o público.

O Câmbio Negro HC é conhecido como o grupo que praticamente definiu o conceito de hardcore em Pernambuco, além de ter o "título" de ser o primeiro grupo a gravar um LP deste estilo no estado.

"Estamos em casa!". Foi com esse brado que a banda iniciou sua apresentação, que teve sucessos como "Reatores" e "Farsa". O fechamento da contribuição pernambucana no Abril Pro Rock 2015 se deu com quem iniciou o caminho das pedras, há um quarto de século. O público agradeceu.


Câmbio Negro HC brindou o público com o disco 'Espelho dos Deuses', que completará 25 anos de lançamento, na noite de sábado (25), no Abril Pro Rock.. (Foto: Maurício Penedo / G1)
.

sábado, 25 de abril de 2015

Ministério Público abre inquérito sobre 'sexualização' de MC Melody

Texto: Ricardo Senra
Fonte: G1.Globo.com (Da BBC Brasil em Londres)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)

Funkeira-mirim MC Melody ganhou o centro de nova polêmica sobre sexualização de crianças no funk (Foto: Reprodução/YouTube)

Exposição de funkeira de 8 anos é um dos alvos da investigação, que suspeita de 'violação ao direito ao respeito e à dignidade de crianças'.

O Ministério Público de São Paulo abriu nesta quinta-feira um inquérito para investigação sobre "forte conteúdo erótico e de apelos sexuais" em músicas e coreografias de crianças e adolescentes músicos.

A cantora de funk conhecida como MC Melody, de oito anos, é um dos alvos da investigação, que suspeita de "violação ao direito ao respeito e à dignidade de crianças/adolescentes". O caso está sendo investigado pela Promotoria de Justiça de Defesa dos Interesses Difusos e Coletivos da Infância e da Juventude da Capital.

Segundo uma das representações publicadas no inquérito, Mc Melody "canta músicas obscenas, com alto teor sexual e faz poses extremamente sensuais, bem como trabalha como vocalista musical em carreira solo, dirigida por seu genitor".
Além dela, músicas e videoclipes de outros funkeiros-mirins como MCs Princesa e Plebéia, MC 2K, Mc Bin Laden, Mc Brinquedo e Mc Pikachu também são alvo da investigação do Ministério Público paulista.

A promotoria chama atenção para o "impacto nocivo no desenvolvimento do público infantil e de adolescentes, tanto de quem se exibe quanto daqueles que o acessam".
Petição
O inquérito, aberto pelo promotor Eduardo Dias de Souza Ferreira, é resultado de denúncias e representações encaminhadas pela Ouvidoria do Ministério Público e por cidadãos que pedem avaliação legal sobre a exposição dos funkeiros mirins.


Ministério Público abre inquérito sobre 'sexualização' de MC Melody (Foto: Ministério Público de SP)

O caso da MC Melody, que chegou a ser o assunto mais procurado por brasileiros no Google nesta quinta-feira (com mais de 50 mil buscas), gerou uma petição no site Avaaz que pede "intervenção e investigação de tutela" ao Conselho Tutelar de São Paulo.

O abaixo assinado alcançou mais de 23 mil assinaturas em quatro dias. A menina já chegou a ter seu perfil retirado do Facebook após denúncias de internautas sobre "sexualização" - ela aparece em fotos com roupas curtas e decotadas, dançando em bailes funks e em vídeos caseiros.
No YouTube, dezenas de publicações feitas por anônimos criticam a exposição da menina - cujos vídeos acumulam centenas de milhares de visualizações no portal.


O pai de MC Melody - o também funkeiro MC Betinho - também é citado pelo inquérito do Ministério Público, que afirma ser "dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do Poder Público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”, conforme dispõe o artigo 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente".

A reportagem tentou contato com MC Betinho por telefone, mas não obteve sucesso. Em entrevistas anteriores, o pai de MC Melody se defende argumentando que existiria uma “perseguição ao funk” e que “não obriga sua filha a fazer nada”.
"Ela canta e dança assim porque gosta", disse MC Betinho. "Entendemos quem não gostou ou ficou ofendido e estamos mudando a nossa postura por isso."

.




sexta-feira, 24 de abril de 2015

Artista plástica faz estátua de Roberto Carlos na terra natal do rei

Texto: Viviane Machado
Fonte: clubedorei.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)


Angella Borelli levou 1.118 dias para fazer obra em Cachoeiro de Itapemirim. Inauguração fez parte da semana de homenagens ao aniversário do cantor.

Cachoeiro de Itapemirim ganhou uma escultura de 1,72 metro do cantor Roberto Carlos.



A inauguração aconteceu no sábado (18), na região Sul do Espírito Santo.

O evento fez parte da programação da "Semana do Rei", que comemorou os 74 anos do mais conhecido cantor cachoeirense.

Durante 1.118 dias, a artista plástica Angella Borelli trabalhou a escultura em mármore branco.

O gasto dela foi de R$ 6.000.

A obra fica na praça Pedro Cuevas Júnior, no Corredor Cultural Roberto Carlos, no Centro de Cachoeiro.




Casa de Cultura Roberto Carlos

A casa onde o cantor nasceu e viveu até os 13 anos funciona como um centro cultural. No local, estão fotos, discos, instrumentos musicais e toda a história do Rei Roberto no 'Pequeno Cachoeiro'. O espaço funciona de segunda à sexta-feira, de 8h às 18h, com entrada gratuita.


Notícia enviada gentilmente por Carlyle.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Servidor do Distrito Federal vence concurso e ganha guitarra personalizada do Kiss


Fonte: G1.Globo.com
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante do Blog MUSIBOL)


Rônei Maia Salvatori viveu os quatro membros e usou Brasília como cenário.
Banda se apresenta nesta sexta (24) ao lado do estacionamento do estádio.

O servidor público Rônei Maia Salvatori é o grande vencedor do concurso “Ganhe uma guitarra do Kiss”, da TV Globo Brasília. Como prêmio, ele levou para casa uma guitarra personalizada da banda Kiss, que se apresenta nesta sexta-feira (24), ao lado do estacionamento do Estádio Mané Garrincha.

Salvatori é perito em informática da Polícia Federal e mora na Asa Norte. No vídeo enviado para o concurso, ele aparece dublando os quatro integrantes da banda ao mesmo tempo. Como fundo, ele usou lugares de Brasília, como a Torre de TV, o Eixão e a Catedral.

O concurso teve início no último dia 13. Durante uma semana, os participantes enviaram vídeos pelo VC no G1 cantando e/ou tocando uma música do Kiss e/ou fazendo uma homenagem à banda usando a capital como cenário.
Foram avaliados critérios como qualidade, adequação à proposta, criatividade e qualidade do material..


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Jerry Adriani relembra como conheceu Roberto Carlos e faz um pedido


Fonte: Clube do Rei
Edição: Jorge Luiz da Silva.
Salvador, BA (da redação itinerante)



Imagem: Reprodução

Bom dia queridos amigos...
Hoje a minha mensagem vai para um colega muito querido que está aniversariando.
Roberto Carlos

-Roberto, já lá vão muitos anos desde o dia que pela primeira vez eu o vi em um programa do Julio Rosemberg. Eu não tinha nem o nome de Adriani ainda. Eramos aqueles meninos com a cabeça cheia de sonhos.

Você Já fazia sucesso e estava acompanhado por um divulgador da CBS, traziam um recado prá mim da Edy Silva que o meu teste na gravadora já estava marcado, o que acabou acontecendo pouco tempo depois e deu no que deu.

Depois, minha ida para o Rio e a primeira vez que nos encontramos aqui na cidade |maravilhosa, foi num show de circo do nosso querido José Messias...

Você, ao lado do Othon Russo e Seu Evandro (Ribeiro) tornou-se numa espécie de protetor do garoto que começava, agora Jerry Adriani.


Lembro-me da sua preocupação prá que eu não ficasse sozinho e abandonado na cidade grande. Quantas vezes fui à sua casa e cantava para D. Laura...

Por vezes, íamos juntos para São Paulo. Você comeu a macarronada da tia Angelina, como a chamava......

Enfim, foram muitos os bons momentos de amizade... Basicamente embora você estivesse já num estágio superior, nós começávamos nossa trajetória.

Claro, que ninguém sabia o que nos iria acontecer.

E veio o fenômeno da Jovem Guarda e você foi naturalmente eleito como o líder do movimento tão combatido, porque não tinha uma proposta política.

Mas, que em outras áreas atuava com muita força e tomou conta do país, despertando tanta ira por parte dos radicais de plantão.


Eles diziam que nós os cabeludos da chamada então turma do Ieieiê, não duraríamos mais que meses. Seria muita coisa prá se colocar em uma mensagem...

O destino, claro que você lutou muito por isso, catapultou você a um patamar muito mais elevado que seus colegas da época.

Você foi eleito o Rei e assim permanece até hoje. Sabemos que você não pode carregar sobre os ombros as cruzes de todos.

Eu, particularmente sei da grande quantidade de pessoas que você ajuda. Todos, numa hora difícil, tentam recorrer ao Rei. Sei que você ajuda muita gente...

Sabemos das suas atitudes cristãs. Agora, Roberto, eu, o Agrião como você chama carinhosamente (apelido que o Roberto me deu) que infelizmente por motivos alheios já não temos a mesma aproximação, como tínhamos naquela época....

E, que tenho acompanhado todos os seus merecidos êxitos e os seus dramas pessoais, lhe digo, nem mesmo a distância faz com que eu deixe de admirá-lo.

Apenas, gostaríamos de te ver mais, de rirmos um pouco juntos, ir ao cinema, eh eh, aí seria demais... Lembra de Help?

Assistimos juntos eu você e Wanderléa. Entrávamos com o filme começado e saímos antes de terminar...eheh Só assim!!!..E, contar piadas como fazíamos. Você é uma companhia maravilhosa!!...

Disso tenho saudade meu amigo!!!....

Só vou lhe pedir uma coisa, mesmo sabendo que você não vai ler esta humilde mensagem, mas talvez algum anjo sopre aos seus ouvidos...


Não se esqueça de no seu especial de final de ano, homenagear a Jovem Guarda que foi o movimento de música que tomou conta do Brasil na época e se manteve para as gerações, do qual você é indubitavelmente, o Grande líder. Acho que não vai haver outra oportunidade, por razões óbvias. Vários amigos já se foram e não sabemos do futuro.

E, Roberto, que não fique só naquele medley de sucessos. Chame alguns dos seus colegas, você sabe quais, que ajudariam a manter essa chama viva, e daria uma enorme alegria aos milhões de fãs.

Com certeza!!!...Dê esse presente a esse público que te consagrou definitivamente....

Foi esse movimento Roberto, que fez com que você se colocasse em primeiro lugar no ranking, e ao qual você se agarrou e soube administrar e levar cada vez mais para o alto, com seu talento e sabedoria...

Que Jesus em quem vc. tanto crê e a Virgem Maria o iluminem querido amigo,

Feliz Aniversário...

Seu amigo JERRY ADRIANI

   Matéria enviada gentilmente por CARLYLE.

Show dos 50 anos da Globo sofre desfalques, mas terá Roberto Carlos


Fonte: Clube do Rei.com.br
Edição: Jorge Luiz da Silva                 
Salvador, BA (da redação Itinerante)



Foto: Reprodução

A poderosa Globo, quem diria, está tendo dificuldades para montar o elenco de artistas que se apresentarão no show comemorativo de seus 50 anos, a ser exibido no próximo sábado (25), depois da novela das 21h00. Nos últimos dias, a emissora sofreu duas baixas importantes. Thiaguinho e Claudia Leitte não poderão fazer parte da festa, devido a problemas de agenda. Ivete Sangalo também ficou de fora. O especial, no entanto, terá um astro "surpresa", cujo nome vinha sendo mantido em sigilo: Roberto Carlos.

A Globo está tendo dificuldades porque o show exige dois dias de ensaios e dois dias gravações na próxima semana. Os artistas deverão interpretar músicas que marcaram os 50 anos da Globo, não seus sucessos do momento, e isso exige preparação. Thiaguinho, por exemplo, não poderá participar porque na terça faz um programa ao vivo no Multishow, o Música Boa Ao Vivo.


O elenco do show só deverá ser confirmado na próxima segunda-feira. Mas não espere Caetano Veloso, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Gilberto Gil e Maria Bethania, apenas para citar alguns dos grandes nomes da MPB dos últimos 50 anos. Quem vai brilhar no palco do Maracanãzinho serão artistas que estão fazendo sucesso no momento, são "pratas da casa" ou têm contrato com a emissora _caso do próprio Roberto Carlos.

Entre os artistas que devem fazer o show estão banda Malta (vencedora do SuperStar), Ellen Oléria (vencedora do primeiro The Voice), Manu Gavassi (de Malhação), Gaby Amarantos, Latino, Roupa Nova, Mart'nália, Paulo Ricardo (jurado de SuperStar), Gusttavo Lima, Anitta, Calypso, Jota Quest, Lulu Santos e Carlinhos Brown (jurado de The Voice).


O show de 50 anos terá o comando de J.B. Oliveira, o Boninho, diretor de Entretenimento da Globo. Ele quer surpreender o público e vem mantendo roteiro e nomes de artistas de peso restritos a um pequeno grupo.

 Notícia enviada gentilmente por RC97.



terça-feira, 14 de abril de 2015

Madonna rouba beijo de Drake em encerramento de festival Coachella


Fonte: G1.Globo.com (Da France Presse)
Edição: Jorge Luiz da Silva
Salvador, BA (da redação Itinerante)



Madonna publicou foto do momento em que beijou Drake no Coachella
(Foto: Reprodução/Instagram)
Rapper estava sentado em uma cadeira durante performance da cantora.

A rainha da provocação Madonna roubou na noite de domingo (12) um longo beijo do rapper Drake diante de um público delirante no encerramento do festival Coachella, na Califórnia.

Convidada surpresa da noite, Madonna, fiel ao seu impactante vestuário, cantou duas de suas músicas - incluindo "Human Nature" - antes de se lançar sobre o rapper, que estava sentado em uma cadeira ao lado do palco, e beijá-lo na boca.


Marina and the Diamonds e Stromae também foram atrações do evento.

"Bitch! I'm Madonna", declarou em alusão a uma de suas músicas, antes de deixar o palco.

A atitude de Madonna, que também beijou Britney Spears há dez anos durante os prêmios MTV, eletrificou o público, que havia esfriado durante a meia hora de espera do rapper originário de Toronto.

Para encerrar os três dias de música, se apresentaram vários artistas emergentes, como a cantora dinamarquesa de electro-pop Mo, a galesa Marina and the Diamonds e o belga Stromae, uma sensação no mundo de língua francesa.



 No clipe e na apresentação da música Papaoutai,
Stromae finge ser uma espécie de boneco
Imagem: Divulgação